SP

Home EMTU

Imagem pagina
Você está em: Home...

17/03/2023 - EMTU estima que 34 mil passageiros com deficiência têm direito à gratuidade no transporte metropolitano em Sorocaba e no Vale do Paraíba



Carteira de Identificação do Passageiro Especial (CIPES) pode ser obtida a partir do cadastramento em Unidade de Saúde do SUS cadastrada junto à EMTU

Levantamento realizado pelo Departamento de Atendimento ao Passageiro Especial da EMTU estima que, na Região Metropolitana do Vale do Paraíba / Litoral Norte, 18.715 pessoas têm direito à gratuidade proporcionada pela Carteira de Identificação do Passageiro Especial (CIPES), isenção tarifária utilizada no transporte metropolitano. E na região de Sorocaba, são 15.265 os passageiros que podem se beneficiar dessa gratuidade.

Desse total, parte dos passageiros das linhas intermunicipais não utiliza a isenção tarifária por não saber que tem esse direito ou por desconhecer os procedimentos para obtenção da CIPES.

Com o objetivo de ampliar o número de pessoas com deficiência atendidas nas duas regiões, a EMTU, por meio do Centro de Atendimento ao Passageiro Especial (CAPES) está realizando encontros e seminários com representantes de prefeituras e entidades ligadas a pessoas com deficiência. “São parceiros importantes que podem ajudar a multiplicar as informações necessárias para que todos os passageiros com direito à isenção tarifária usufruam do benefício nas linhas metropolitanas”, afirma Sidneia dos Santos, chefe do Departamento.

Recente um encontro foi realizado em Itu na primeira quinzena de março e o próximo está agendado para 22/03 no município de Alambari e também em Salto (em data a definir). Outras cidades entrarão no cronograma em breve. Além das reuniões, a divulgação é realizada também por meio de cartazes afixados nas portas dos ônibus da frota metropolitana, nas redes sociais da EMTU, em pontos estratégicos dos municípios e em unidades de saúde.

O primeiro passo para a obtenção da Carteira de Identificação do Passageiro Especial (CIPES) é o cadastramento realizado pelas pessoas com deficiência em unidades de saúde do SUS credenciadas pelas secretarias de saúde dos municípios. A partir do laudo médico eletrônico de isenção tarifária emitido pela unidade de saúde, o processo de solicitação será encaminhado à EMTU para análise e emissão da CIPES. A validade do benefício é de 24 ou 12 meses, dependendo da Classificação Internacional de Doença (CID).

No portal da EMTU (clique aqui) estão disponíveis as informações para a obtenção da Carteira de Identificação do Passageiro Especial nas regiões metropolitanas do Vale do Paraíba/Litoral Norte e Sorocaba.

Vale do Paraíba/Litoral Norte:

Link 

Sorocaba:

Link 

Nas cinco regiões metropolitanas onde o transporte intermunicipal é gerenciado pela EMTU, foram emitidas 484.966 carteiras de identificação do passageiro especial.


Atualizado em: 17/03/2023 16:42:11



Logotipo do Governo do Estado de São Paulo

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos S.A. de São Paulo - EMTU/SP utiliza cookies, que são controlados e armazenados em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no nosso portal implica na concordância com esse procedimento, que se fundamenta na Política de Privacidade da empresa.