07/04/2015 - EMTU/SP cria linha gratuita para a Reatech com veículos adaptados para pessoas com deficiência



A EMTU/SP colocará à disposição dos interessados em visitar a 14ª edição da REATECH - Feira Internacional de Tecnologia em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade - os veículos do Ligado - Serviço Especial Conveniado, totalmente adaptados às pessoas com deficiência.

O evento ocorrerá no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, entre os dias 09 e 12 de abril. A linha especial é gratuita e partirá da Plataforma A do Terminal Metropolitano Jabaquara.

Nos dias 09 e 10 de abril, quinta e sexta-feira, 10 veículos circularão das 12h30 às 21h30. Nos dias 11 e 12 de abril, os carros estarão em operação das 10 às 19 horas, com uma frota de 19 veículos no sábado e 16 no domingo.

Serviço Especial Conveniado - Ligado
 
O Ligado foi criado pela EMTU/SP para transportar pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida severa e atende hoje cerca de 4 mil usuários de mais 840 instituições, entre estudantes e acompanhantes, com base no convênio firmado com a Secretaria Estadual de Educação (SEE). A frota total é de 430 veículos adaptados, todos monitorados via satélite, sendo 227 na Região Metropolitana de São Paulo e os demais na Região Metropolitana de Campinas. A partir deste mês abril, a frota será ampliada para 450 veículos que deverão atender cerca de 4.300 usuários.

Outros programas e ações da EMTU/SP

Centro de Atendimento ao Passageiro Especial – CAPES

O CAPES foi criado para atender às pessoas com deficiência e mobilidade reduzida que buscam obter o benefício da gratuidade nas linhas de ônibus metropolitanas, por meio da Carteira de Identificação do Passageiro Especial, conforme a legislação em vigor. São áreas preparadas para prestar o atendimento adequado a esses usuários com todos os dispositivos de acessibilidade necessários, além de dispor de profissionais treinados, incluindo médicos auditores. Na Região Metropolitana de São Paulo há duas unidades de atendimento nas regiões Sul e Leste da capital. Na Região Metropolitana de Campinas há uma unidade no Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira, em Campinas. Nas Regiões Metropolitanas da Baixada Santista e Vale do Paraíba/Litoral Norte o atendimento é feito por intermédio das Gerências Regionais com o apoio das Unidades Básicas de Saúde cadastradas pela EMTU/SP

Mais de 400 mil passageiros especiais se beneficiam da gratuidade no transporte intermunicipal das quatro Regiões Metropolitanas.


Acessibilidade da frota de ônibus metropolitanos

Em cumprimento ao Decreto Federal nº 5.296/2004, a EMTU/SP acompanha de perto a renovação da frota e a inclusão de ônibus adaptados para as pessoas com deficiência no sistema Regular com todos os dispositivos que garantem a segurança e o conforto a esses usuários, como elevador, espaço para cadeirantes, bancos reservados, entre outros.

Em todos os sistemas de transporte da EMTU/SP, em projeto ou em construção, como BRT’s, corredores de ônibus e o VLT da Baixada Santista contam com 100% de acessibilidade. O mesmo ocorre com os terminais de integração existentes no Corredor Metropolitano ABD (São Mateus – Jabaquara), com os terminais Taboão, Cecap e Vila Galvão, já entregues à população e que fazem parte do  Corredor Metropolitano Guarulhos – São Paulo que está em construção, e os do Corredor Metropolitano Vereador Biléo Soares, na Região Metropolitana de Campinas.


Atualizado em: 07/04/2015 14:51:54