24/08/2015 - EMTU testa biocombustível



A EMTU/SP é uma das pioneiras na América Latina em desenvolver e testar novas tecnologias de tração alternativas ao diesel, buscando a redução das emissões poluentes com foco na melhoria das condições ambientais e de saúde pública.

Atualmente, está em testes no Corredor ABD o biocombustível Ethabiodiesel, desenvolvido pela VINNA Pesquisas e Desenvolvimentos Químicos e Industriais, que consiste na mistura de etanol anidro, biodiesel de óleo vegetal e do aditivo Ethabio.

O programa de testes, coordenado pela GPA/DPT, tem como principais objetivos verificar a viabilidade técnica e financeira do uso desse biocombustível, avaliando o seu impacto na redução de emissões de gases de efeito estufa, gases poluentes locais e material particulado, além da sua influência na operação e manutenção do veículo em teste comparado a um ônibus a diesel.

 
Saiba mais sobre outros testes: 

  • Ônibus Brasileiro a Hidrogênio - Essa tecnologia de propulsão é totalmente livre de emissões de poluentes. Somente vapor d’água é eliminado pelo escapamento dos ônibus. Os três novos ônibus já são considerados comerciais e trazem inovações em relação ao ônibus protótipo, que iniciou os testes em 2009, começou a operar em 2010 e circula até hoje no Corredor ABD.

  • Ônibus Elétrico a Bateria - Este veículo foi testado e aprovado nos testes e obteve ótimo desempenho. As recargas são realizadas no Terminal Diadema. É o primeiro ônibus articulado, produzido no Brasil a ser testado com tração elétrica e movido totalmente por um sistema de baterias.

  • Ônibus a Etanol -  Um veículo movido a etanol foi testado e aprovado no sistema metropolitano sob gestão da EMTU. Tratando-se de tecnologia com menores emissões de poluentes frente ao diesel, é uma opção de transporte sustentável possível de ser adotada.

Atualizado em: 24/08/2015 11:12:28