11/08/2015 - Governo do Estado entrega o Rodoterminal Santa Barbara D´Oeste no Corredor Biléo Soares



Um trecho de 5,7km do Corredor Metropolitano em Nova Odessa também será entregue, melhorando ainda mais a mobilidade na RMC


O Governo do Estado entregou nesta terça-feira (11/08) o Rodoterminal Santa Bárbara D´Oeste, obra que faz parte do trecho de 24,3 km do Corredor Vereador Biléo Soares entre os municípios de Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara D´Oeste. O novo terminal foi construído pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos – EMTU/SP, sob a coordenação da Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos. Nesse equipamento de transporte foram investidos R$ 12,2 milhões pelo Governo do Estado de São Paulo.

Localizado às margens da Rodovia Luiz Ometto (SP-306), nas proximidades do entroncamento das rodovias dos Bandeirantes (SP-348) com a Luiz de Queiroz (SP-304), o Rodoterminal de Santa Bárbara D’Oeste conta com duas plataformas, divididas em quatro baias (três para os ônibus metropolitanos e uma para municipais), além de sete plataformas reservadas para os ônibus das linhas rodoviárias. Além de estacionamento para veículos particulares, a área conta com bicicletário com 20 vagas.

EXTENSÃO DE PLATAFORMAS
- 40 metros de plataforma para ônibus municipais;
- 40 metros de plataforma para ônibus intermunicipais (EMTU);
- 7 plataformas para ônibus rodoviários;
- 67 metros de área de espera (estacionamento) suficiente para quatro ônibus.

ÁREA COMERCIAL
TOTAL: 292,01m²
Previsão: R$ 940.000,00 de receita acessória anual e provável geração de 13 empregos diretos.

Operação
Foi criada uma linha metropolitana principal (750) que ligará Santa Bárbara (Rodoterminal) ao futuro Terminal Americana, em construção. Além desta nova linha, que fará 54 viagens por dia, outras quatro linhas metropolitanas passarão pelo novo Rodoterminal, oferecendo mais de 100 viagens por dia entre os municípios da região.

Quatro linhas municipais de passagem vão atender ao novo Rodoterminal, oferecendo ligações com diversos bairros de Santa Bárbara D’Oeste. E linhas intermunicipais rodoviárias atenderão ao Terminal a partir dessa data. Ao todo, as linhas transportarão 11,2 mil passageiros por dia.

Obras concluídas
Dando continuidade ao avanço do Corredor Vereador Biléo Soares entre Nova Odessa e Santa Barbara, será entregue em Nova Odessa um trecho de 5,7 km de viário e ciclovia na Av. Ampélio Gazetta (5 Km com faixa exclusiva para ônibus e 700m de viário compartilhado); seis estações de embarque e desembarque e a Estação de Transferência Nova Odessa. O investimento foi de R$ 27 milhões.

MELHORIAS IMPLANTADAS
- Implantação de 5 km de faixa exclusiva para transporte coletivo;
- Inserção urbana do transporte público de forma prioritária contribuindo para requalificação dos bairros vizinhos;
- Novos sarjetões (canaletas para escoamento superficial das águas pluviais) com declividades menores, de modo a permitir mais conforto e rapidez aos usuários ao longo do corredor;
- Implantação de Parque Linear com ciclovia e passeios ao longo da avenida;
- Foram implantados 32.369,74 m² de paisagismo
- 10 cruzamentos viários com implantação de sinalização eletrônica – semáforos;
- 11.020 m² de sinalização horizontal
  - 788 placas de sinalização vertical
- No trecho de parada à esquerda e faixa exclusiva de ônibus, as estações de embarque estão localizadas próximas aos cruzamentos, facilitando o acesso de pedestres ao canteiro central;
- Iluminação adequada ao longo do Corredor para segurança noturna;
- Conexões ao Corredor em ponto devidamente tratado para acomodar as transferências;
- Estações de embarque e desembarque que contam com cobertura e iluminação adequadas, sinalização horizontal e vertical, sistema de informação ao usuário, piso com altura de 28 cm para facilitar o embarque e desembarque em nível com o acesso aos ônibus, rampas para acesso de cadeirantes e faixas de travessia que aumentam a segurança do pedestre no seu entorno.

ACESSIBILIDADE
- 100% acessível com piso podotátil;
- As travessias de pedestres ao longo do corredor são adequadas para total acessibilidade, contando com rampa de acesso, piso podotátil, semaforização para pedestres e sinalização;
- Comunicação Visual simples e de fácil visibilidade para o trânsito adequado e ágil dos usuários nas dependências do Corredor e Estações;

ESTAÇÕES
Estação de Transferência: Nova Odessa
6 Estações de Embarque e Desembarque:
?    Parada Cristiano Kilmeyers;
?    Parada Brasil;
?    Parada Francisco Bueno;
?    Parada Antônio Zanaga;
?    Parada Natália Muth;
?    Parada José Maria Bellinate.

Outra obra do trecho concluída é a compactação da rede aérea, numa extensão de 5,4km nas avenidas São Paulo (Santa Barbara D´Oeste) e Av. Europa (Americana).
 
Trecho Nova Odessa - Americana  - Santa Bárbara D´Oeste
Para o mês de outubro de 2015 está prevista a entrega da reforma do Rodoterminal de Nova Odessa. A operação do Terminal de Americana está prevista para o início de 2016.

Também em 2016, a previsão é de que todas as obras previstas nos 24,3 km do trecho, ligando Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara d’Oeste, sejam entregues à população.

O Corredor Metropolitano Biléo Soares terá 47,4km. Os 19 km de infraestrutura viária e de instalações já implantadas, entre Campinas, Hortolândia e Sumaré, trouxeram rapidez, conforto e segurança para mais de 100 mil usuários que o utilizam diariamente no principal eixo do transporte intermunicipal da Região Metropolitana de Campinas. A demanda estimada no trecho Nova Odessa – Americana – Santa Bárbara é de 35 mil passageiros por dia.

O investimento total do empreendimento do Governo do Estado de São Paulo é de R$ 167,19 milhões

Obras complementares
As obras desse trecho de 4,8 km foram iniciadas em dezembro de 2014 pela Estação de Transferência Pinheiros, em Hortolândia. Demanda prevista: 61 mil passageiros / dia. Investimento: R$ 79,8 milhões
Obras previstas: extensão da Av. Olívio Franceschini – Hortolândia; duas alças de acesso à SP 101 sobre a ferrovia; Terminal Metropolitano Rosolém – Hortolândia; Estação Transferência Peron – Hortolândia; Estação de Transferência Pinheiros – Hortolândia; Estação de Transferência Km 110 da Rod. Anhanguera – Sumaré; Parada III da Av. Lix da Cunha – Campinas; seis estações de embarque e desembarque. A conclusão do trecho está prevista para 2017.
Variante Sumaré – Hortolândia

Com extensão de 5,5 km, tem as seguintes obras previstas: construção da ligação de Sumaré a Hortolândia; construção de sete pontes; construção de viaduto  sobre a linha férrea e o Ribeirão Quilombo; construção do Terminal Multimodal Sumaré. O Projeto Básico tem previsão de conclusão em agosto de 2015 e a previsão de obtenção da Licença de Instalação, que permite o início da obra, é maio de 2016.


Atualizado em: 11/08/2015 14:13:07