SP

Home EMTU

Imagem pagina

20/01/2023 - Reajuste dos pedágios altera a tarifa de algumas linhas intermunicipais em quatro regiões metropolitanas



Acréscimos começam em R$ 0,05 e chegam a R$ 0,30 no caso de linhas seletivas; validade será a partir deste sábado (21) 

   

Em razão do reajuste de pedágios autorizado pela Artesp, em vigor desde o dia 16 de dezembro de 2022, algumas linhas metropolitanas gerenciadas pela EMTU/SP terão acréscimos de R$ 0,05 a R$ 0,30 (linhas seletivas) na parcela de pedágio que compõe as tarifas, a partir do próximo sábado, 21/01.  

Os reajustes ocorrerão em menos de 9% das 860 linhas gerenciadas e fiscalizadas pela EMTU/SP na Grande São Paulo, Campinas, Vale do Paraíba/Litoral Norte e Sorocaba. Os serviços que terão alteração nessas quatro regiões metropolitanas são aqueles que passam por pedágios, tendo esse fator na composição da tarifa da linha.  

O custo do pedágio é acrescido nos valores das passagens das linhas metropolitanas, conforme o artigo nº 32, parágrafo 4º do decreto estadual nº 24.675/86. O cálculo é feito pela divisão do valor pago na praça de pedágio pelo número médio de passageiros por viagem. O objetivo é ressarcir as empresas concessionárias e permissionárias dessa despesa sobre a operação.  

Os passageiros estão sendo informados sobre as linhas que terão reajuste por meio de avisos afixados nos ônibus, mídias sociais e pelo site emtu.sp.gov.br.    

Abaixo estão dados gerais por região. Os novos valores das tarifas das linhas com reajuste na parcela do pedágio valem a partir de 21/01 e estão disponíveis no  link https://www.emtu.sp.gov.br/emtu/itinerarios-e-tarifas/tarifas-em-formato-pdf.fss

Região Metropolitana de São Paulo    

Consórcios Anhanguera e Unileste  (regiões de Osasco e Mogi das Cruzes)

- De um total de 230 linhas que circulam nas áreas 2 e 4 de concessão (regiões de Osasco e Mogi das Cruzes), o reajuste afetará as linhas: 054, 055, 120, 120PR1, 261, 201, 310, 324, 324BI1, 352, 386, 462, 462BI1, 467, 524, 564, 565, 116, 378, 818, 819, 827, 838, 201, 206, 214, 214BI1, 379 e 800.      

 Região Metropolitana de Campinas    

Consórcio Bus+    

- De um total de 150 linhas que operam na região, o reajuste afetará as linhas: 612, 612DV1, 693, 714, 715, 734, 633, 633VP1, 688, 688BI1, 614, 600, 601, 738, 738VP1, 686, 686BI1, 687, 687EX1, 687EX2, 608, 744, 606, 606DV1, 606EX1, 607 e 609. 

Região Metropolitana do Vale do Paraíba/Litoral Norte 

Empresa Pássaro Marrom   

- De um total de 84  que operam na região, serão afetadas as linhas: 5105, 5106, 5501,5503, 5504 e 5508.  

Região Metropolitana de Sorocaba    

Empresas Expresso Amarelinho,  Rápido Luxo e VB   

- De um total de 89 que operam na região, serão afetadas as linhas: 6105, 6105EX1, 6105EX2, 6108, 6108EX1, 6108EX2, 6108EX3, 6110, 6111, 6115, 6208, 6213 e 6213EX1. 

Sobre a EMTU/SP 

Vinculada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP) é controlada pelo Governo de São Paulo. Fiscaliza e regulamenta o transporte metropolitano de baixa e média capacidade nas cinco regiões metropolitanas do Estado: São Paulo, Campinas, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba / Litoral Norte. Juntas, as áreas somam 134 municípios. 

 



Atualizado em: 20/01/2023 18:42:34



Logotipo do Governo do Estado de São Paulo

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos S.A. de São Paulo - EMTU/SP utiliza cookies, que são controlados e armazenados em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no nosso portal implica na concordância com esse procedimento, que se fundamenta na Política de Privacidade da empresa.