23/03/2017 - Aprimorar comunicação com usuários por aplicativo foi o tema vencedor da 1ª Hackatona Metropolitana EMTU-Metra



Trabalho foi apresentado pelo grupo Sales Soluções durante maratona tecnológica de inovações para o transporte público que durou 34 horas ininterruptas.

O grupo Sales Soluções foi o vencedor da 1ª Hackatona Metropolitana EMTU-Metra e como prêmio apresentará seu trabalho na Hackatona internacional a ser realizada durante o Congresso Mundial da UITP, em maio próximo, em Montreal, Canadá. A equipe vencedora foi anunciada hoje, 23/03, na 4ª Semana UITP América Latina que está discutindo até amanhã (24), na capital paulista, as melhores práticas globais no setor de mobilidade. O Encontro reúne operadores, profissionais e autoridades de diversos países. 

O desafio apresentado pelo grupo Sales Soluções na maratona realizada no último final de semana na sede da EMTU, em São Bernardo do Campo, durante 34 horas ininterruptas, foi o aprimoramento das informações para os clientes dos serviços com base na comunicação entre os usuários por meio de aplicativo. 

A Hackatona Metropolitana EMTU-Metra, 26ª realizada e a primeira no Brasil dedicada ao transporte público metropolitano, teve como tema “O Transporte Público Sustentável e Acessível Como Centro das Soluções de Mobilidade Multimodal” e contou com apoio da União Internacional do Transporte Público (UITP) e da Fundação Youth for Public Transport (Y4PT). 

Além de enviar representantes para demonstrar o trabalho no Canadá, o grupo vencedor e as outras duas equipes semifinalistas, formadas por engenheiros, programadores e estudantes, terão a oportunidade de desenvolver uma incubadora (startup) para trabalhar as suas propostas durante o período de seis meses na sede da EMTU, com base nos dados de gestão e planejamento fornecidos e apoio dos técnicos e especialistas da empresa, que foram os mentores dos grupos no evento.   

Os outros dois semifinalistas que desenvolverão seus trabalhos na  sede da EMTU, em São Bernardo do Campo são:  

- GRUPO COMPUTER SOCIETY que propôs o desafio para a automatização da roteirização do Serviço Especial Ligado, utilizado para transportar crianças com mobilidade reduzida.

- TOP DOW que apresentou o desafio em vários aspectos do serviço como o uso do celular em substituição aos cartões eletrônicos para o pagamento das tarifas, compra de passagens e informações, por meio de geolocalização, para otimizar a distribuição dos passageiros no sistema.


Atualizado em: 23/03/2017 18:29:36