06/09/2017 - Integração tarifária entre VLT e linhas municipais de Santos começa no próximo domingo (10/09)



Usuários pagarão R$ 4,40 na integração. Economia, em cada viagem, será de R$ 3,50.

Um passo importante para melhorar a mobilidade na Baixada Santista começa a ser dado no próximo domingo (10/09) com o início da integração tarifária entre o Veículo Leve Sobre Trilhos e dez linhas municipais de Santos. O convênio entre as administrações estadual e municipal foi assinado em 29/07 pelo Governador Geraldo Alckmin e o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa. 

Os usuários das linhas municipais integradas pagarão R$ 4,40, ao invés de R$ 7,90 que é a soma do valor das duas tarifas “cheias” (VLT e ônibus). Os usuários poderão economizar R$ 3,50 a cada viagem. A economia ocorrerá tanto se a transferência ocorrer do VLT para o ônibus como também do ônibus para o VLT.

A tarifa definida para a integração é de R$ 4,40, sendo R$ 1,32 para o município e R$ 3,08 para o VLT. O critério de partição tarifária segue o convênio assinado entre o Estado e a Prefeitura.
 

Clique aqui para ver as integrações de cada estação.

Segue a relação das linhas municipais integradas: 7, 13, 20, 30, 40, 53, 77, 153, 154, 155.
 
Integração tarifária de linhas municipais nas estações do VLT

Estação Nossa Senhora de Lourdes
Linhas 7, 30, 40, 53

Estação Pinheiro Machado
Linhas 7, 30, 40, 53, 77

Estação Bernardino de Campos
Linhas 13, 153, 30

Estação Ana Costa
Linhas 20, 154, 30, 155

Estação Washington Luís
Linhas 30, 53

Estação ConselheiroNébias
Linhas 7, 13, 30, 40, 77, 154, 155

Integração metropolitana com o VLT será ampliada

A integração do VLT com as linhas intermunicipais começou em 19/06/2016, envolvendo 37 linhas gerenciadas pela EMTU/SP e que circulam no raio de 400 metros ao longo da linha do VLT no município de São Vicente.

Este número aumentará para 45 a partir de domingo (10/09) com a inclusão de linhas metropolitanas que atendem o litoral sul e o município de Cubatão. As estações do VLT em São Vicente terão interação tarifária com 40 linhas intermunicipais e as estações de Santos, com 37 linhas.

A integração com as linhas metropolitanas é voluntária, ou seja, o usuário pode optar em continuar a viagem na linha de ônibus ou fazer a integração com o VLT.

O VLT transporta atualmente 22 mil usuários/dia. Com as integrações, a estimativa é de que este número alcance 27 mil passageiros / dia.
 
Como funciona a integração metropolitana com o VLT
Ao embarcar no ônibus metropolitano é debitada no cartão do usuário a tarifa da linha utilizada, e na integração com o VLT não é debitado valor adicional. No sentido contrário, ao embarcar no VLT, é debitado no BR Card o valor de R$ 4,05 mais o complemento da tarifa da linha no embarque no ônibus metropolitano. Exemplo: R$ 4,05 (tarifa do VLT) + R$ 0,35 (complemento) = R$ 4,40 (tarifa do ônibus). O débito varia de acordo com a tarifa da linha a ser utilizada.

RESUMO DAS INTEGRAÇÕES TARIFÁRIAS COM O BR CARD

Integração SIM RMBS - Ampliação dos deslocamentos

Tarifa (R$)

VLT

MUNICIPAL

4,05

3,85 = (7,90)

 

 

VLT + Ônibus Municipal Santos
ou
Ônibus Municipal Santos + VLT

4,40

(economia de 3,50)

 

 

VLT Ônibus Metropolitano 
ou 
Ônibus Metropolitano 
+ VLT

Maior tarifa de um dos Modais

 

 

Ônibus Metropolitano + VLT Ônibus Metropolitano

Maior tarifa de um dos Modais + 1,00

 

 

Ônibus Metropolitano + VLT + Ônibus Municipal Santos
ou
Ônibus Municipal Santos 
+ VLT +Ônibus Metropolitano

Maior tarifa de um dos Modais + 1,00




Atualizado em: 06/09/2017 17:30:02