28/03/2017 - Licença Operacional do VLT é emitida pela CETESB beneficiando usuários de toda a Baixada Santista



A EMTU/SP informa que a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo - CETESB emitiu nesta segunda-feira, 27/01, a Licença Ambiental de Operação do VLT da Baixada Santista, do trecho remanescente que foi concluído e liberado integralmente para operação deste o Terminal Barreiros, em São Vicente,  até o Pátio Porto, em Santos.

O VLT  operava com uma autorização provisória da autoridade ambiental no trecho santista do empreendimento, entre a estação Bernardino de Campos e o Pátio Porto e no trecho entre a estação Mascarenhas de Moraes e o Terminal Barreiros, para fase de testes operacionais. O documento definitivo, emitido em 24/03, tem validade de 10 anos.

Desde março último os usuários podem utilizar o VLT das 5h30 até as 20 horas. Estão sendo beneficiados mais de 20 mil passageiros que circulam no VLT diariamente nos deslocamentos entre Santos e São Vicente e cidades vizinhas da Região Metropolitana da Baixada Santista. 

A previsão é de que a partir do próximo mês de abril o horário de operação seja estendido para as 23h30, atendendo inclusive os estudantes das escolas e faculdades do período noturno. 

O número mensal de usuários do VLT vem aumentando progressivamente. Começou com 59 mil em junho de 2016, quando o Consórcio BR Mobilidade assumiu oficialmente a operação. No final de fevereiro foi contabilizada a marca de um milhão de passageiros transportados e cada vez mais pessoas deixam o transporte individual e aderem ao novo modal disponibilizado pelo Governo do Estado na região.


Atualizado em: 28/03/2017 16:44:26