Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte



Com 40 municípios, a Região Metropolitana Vale do Paraíba foi criada no dia 9 de janeiro de 2012 com o Projeto de Lei 66/2011 .

Área Territorial

O Vale do Paraíba e Litoral Norte corresponde a 6,52% da área do Estado de São Paulo, totalizando 16.178 km². É composto por 39 municípios que se dividem em 5 sub-regiões.

Demografia

Em 2010, o patamar demográfico foi de 2.264.594 habitantes, sendo 629.921 no município de São José dos Campos e mais de 100 mil em outros cinco grandes centros: Taubaté (278.686), Jacareí (211.214), Pindamonhangaba (146.995), Guaratinguetá (112.072) e Caraguatatuba (100.840).

População concentrada em áreas urbanas, 18 municípios apresentam taxas de urbanização superiores a 90%.

Significativa densidade demográfica, 13 municípios com densidades superiores a 150 hab./km², destacando-se São José dos Campos com 573 hab./km2 e os municípios de Taubaté, Jacareí e Potim com mais de 400 hab./km2.

Aspectos econômicos

55,6 bilhões de reais de PIB. 5,13% do total estadual

A região está estrategicamente situada entre as duas Regiões Metropolitanas mais importantes do País: São Paulo e Rio de Janeiro. Além disso, destaca-se nacionalmente por intensa e diversificada atividade econômica.

Como forma um quadrilátero entre as cidades de Santos, Campinas, São Paulo e São José dos Campos, a chamada Macrometrópole Paulista abriga dois terços da população paulista. A região concentra 82,7% do PIB estadual e, aproximadamente 27,7% do nacional.

A situação geográfica da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte – localizada entre os dois maiores centros produtores e consumidores do Brasil – e as facilidades de comunicação (Rodovia Presidente Eurico Gaspar Dutra) foram fatores decisivos para a industrialização e o avanço tecnológico do Vale do Paraíba.

Merece destaque a presença de empresas de ponta dos setores automobilístico, aeroespacial, petrolífero e farmacêutico, e os pólos científico e tecnológico, reunindo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

Com uma população aproximada de 2,3 milhões de habitantes, 5,5% do total do Estado, a Nova Região Metropolitana está dividida em cinco áreas:

  • Caçapava, Igaratá, Jacareí, Jambeiro, Monteiro Lobato, Paraibuna, Santa Branca e São José dos Campos.
  • Campos do Jordão, Lagoinha, Natividade da Serra, Pindamonhangaba, Redenção da Serra, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São Luiz do Paraitinga, Taubaté e Tremembé.
  • Aparecida, Cachoeira Paulista, Canas, Cunha, Guaratinguetá, Lorena, Piquete, Potim e Roseira.
  • Arapeí, Areias, Bananal, Cruzeiro, Lavrinhas, Queluz, São José do Barreiro e Silveiras.
  • Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba.

     Veja Também: