Obras do Corredor Metropolitano Itapevi - São Paulo

 
Obras do Corredor Metropolitano Itapevi - São Paulo

A extensão do Corredor Itapevi – São Paulo são divididas em trechos e lotes. A divisão agiliza o planejamento e a execução do projeto. 

Trecho prioritário Itapevi – Jandira (5km)

As obras no trecho de 5km entre as cidades de Itapevi e Jandira foram iniciadas em 2011, mas precisaram ser paralisadas por duas vezes devido a descumprimento contratual e falência das empresas contratadas. As obras foram retomadas no segundo semestre de 2015.

O trecho traz interligação com as estações da CPTM Itapevi, Engenheiro Cardoso, Sagrado Coração e Jandira, além da construção do terminal Itapevi. 

Trecho Jandira – Carapicuíba (8,8km)

O trecho Jandira-Carapicuíba, incluindo o Terminal Carapicuíba, está em obras. Estão previstas também uma estação de transferência e oito estações de embarque e desembarque.

Trecho Carapicuíba – Osasco km 21 (2,2km)

Neste trecho, também em fase de obras, estão previstas duas estações de embarque e desembarque, um viaduto em Carapicuíba e alças de acesso.

Trecho Osasco km 21 – Vila Yara (divisa Osasco-SP)

Em fase de elaboração de projeto, estão previstos para o trecho a construção de um terminal de integração na Vila Yara e 10 estações de embarque.

No Terminal Vila Yara, o passageiro contará com integração com os ônibus municipais de Osasco, linhas municipais da SPTrans (São Paulo) e linhas metropolitanas da EMTU que não circularão no corredor.

O usuário terá ainda o benefício da integração física com 12 estações da Linha 8 - Diamante da CPTM: Itapevi, Engenheiro Cardoso, Sagrado Coração, Jandira, Jardim Silveira, Jardim Belval, Barueri, Santa Terezinha, Carapicuíba, General Miguel Costa, Quitaúna e Comandante Sampaio.



Links relacionados: