Benefícios

Os efeitos da poluição atmosférica e do aquecimento global provocados em grande parte pelos motores de combustão interna são cada vez mais graves, principalmente nos grandes conglomerados urbanos, a exemplo das Regiões Metropolitanas do Estado de São Paulo.

Buscar qualidade no transporte significa, simultaneamente, promover o cuidado com o meio ambiente, o desenvolvimento sócio-econômico e a valorização do cidadão, ao melhorar substancialmente sua qualidade de vida.


Neste contexto, a EMTU/SP e a Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos buscam soluções que levem em conta a proteção ambiental, como os testes com o ônibus a etanol, a gás natural, a frota com ônibus híbrido, trólebus e agora a hidrogênio.

Com o “Projeto Ônibus Brasileiro a Hidrogênio”, a EMTU/SP visa:

  • Desenvolver meios de transporte coletivo com emissão zero de poluentes e assim contribuir na redução dos níveis de dióxido de carbono (CO2), óxidos de nitrogênio (NOx), óxidos de enxofre, materiais particulados entre outros;
  • Obter conhecimento dessa tecnologia mundialmente inovadora, permitindo ao Brasil avançar nas pesquisas e desenvolvimento da tecnologia do hidrogênio para ocupar uma posição de destaque por conta do seu mercado potencial;
  • Desenvolver a tecnologia no Brasil em parceria com as operadoras de ônibus, fabricantes, universidades e escolas, visando criar um novo mercado;
  • Desenvolver uma especificação brasileira para os ônibus com célula a combustível a hidrogênio;
  • Permitir ao país ser uma plataforma de exportação de ônibus com a tecnologia do hidrogênio.