Home EMTU

Imagem pagina

Ônibus a Hidrogênio

Texto da imagem

O Ônibus Brasileiro a Hidrogênio é um projeto de grande impacto ambiental positivo, uma vez que ele não emite poluentes - o único resíduo de seu escapamento é o vapor d'água.

Trata-se de um grande avanço ambiental e tecnológico. Só na Região Metropolitana de São Paulo, a frota de ônibus é a maior do mundo, composta em grande parte por veículos a diesel, responsáveis por até 90% das emissões de poluentes na atmosfera.

Lançado em novembro de 2006, o "Projeto Ônibus Brasileiro a Hidrogênio" consiste na aquisição, operação e manutenção de até quatro ônibus com célula a combustível a hidrogênio.

Contempla ainda a instalação de uma estação de produção de hidrogênio por eletrólise a partir da água e abastecimento dos ônibus, além do acompanhamento e verificação do desempenho desses veículos, que serão utilizados no Corredor Metropolitano ABD (São Mateus - Jabaquara), no ABC paulista.


Texto da imagem

Em 2009 iniciaram-se os testes operacionais e em dezembro de 2010 o ônibus protótipo passou a ser testado com passageiros no Corredor Metropolitano ABD (São Mateus - Jabaquara) .Veja a cronologia do projeto.

A EMTU/SP é a coordenadora nacional do projeto, que tem direção do Ministério das Minas e Energia (MME) e conta com recursos do Global Environment Facility (GEF), aplicados por meio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). O valor total do projeto é de cerca de US$ 16 milhões.


Texto da imagem

O projeto e a fabricação do ônibus foram desenvolvidos por um consórcio formado por oito conceituadas empresas, nacionais e internacionais, coordenado pela EMTU/SP.

Ao priorizar a aquisição e repasse de conhecimento tecnológico para uma produção nacional desse veículo, conseguiu-se um custo muito reduzido e competitivo em termos de mercado. Integram o consórcio: AES Eletropaulo, Ballard Power Systems, Epri, Hydrogenics, Marcopolo, Nucellsys, Petrobras Distribuidora e Tuttotrasporti.


Texto da imagem

Potencial
O "Projeto Ônibus Brasileiro a Hidrogênio" colocou o país em uma posição de destaque mundial, pois a penas quatro empresas têm a capacidade de produzir ônibus com a tecnologia do hidrogênio no mundo, incluindo o consórcio do ônibus deste Projeto.

Suas características fazem da iniciativa brasileira um caso singular em todo o mundo, pois:

  • Reuniu-se o que há de melhor e mais avançado na tecnologia do uso de hidrogênio no planeta. A tecnologia transferida firmará as bases para sua disseminação no país para transformar o Brasil em um exportador de ônibus a hidrogênio;
  • O Brasil é o maior fabricante mundial de chassi e carrocerias, portanto dominar essa tecnologia significa abrir um novo e promissor mercado;
  • O veículo já é o mais barato entre os países que o adotaram;
  • O ônibus brasileiro traz uma novidade mundial: é híbrido, ou seja, funciona com células a combustível de hidrogênio e baterias recarregáveis, com recuperação de energia (como os carros atuais da Fórmula 1);
  • Estação própria de produção e abastecimento de hidrogênio;
  • Capacidade para carregar igual número de passageiros que os seus similares, com desempenho igual ou superior.




Site da EMTU
Site da CPTM
Site da Estrada de Ferro Campos do Jordão
Metro

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos S.A. de São Paulo - EMTU/SP utiliza cookies, que são controlados e armazenados em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no nosso portal implica na concordância com esse procedimento, que se fundamenta na Política de Privacidade da empresa.