Programa Proteger

O Proteger (Programa de Tecnologia e Gerenciamento de Emissões e Resíduos) tem por objetivo motivar a gestão ambiental no transporte público de passageiros sob responsabilidade da EMTU/SP, tendo em vista reduzir, monitorar e controlar os impactos ambientais decorrentes das atividades de transporte, que incidem sobre usuários, colaboradores e comunidades de uma forma mais ampla. 


As principais etapas previstas incluem:

  • Diagnóstico de impactos ambientais: inclui o levantamento de dados, elaboração de inventário, definição de parâmetros técnicos, relativos a emissões, uso da água, uso de materiais, equipamentos e produtos (contaminantes e não contaminantes), uso de energia elétrica, uso de acondicionamento, tratamento e destinação de resíduos sólidos e efluentes, capacitação operacional, entre outros aspectos e impactos.
  • Avaliação de impactos ambientais e proposição de estratégias: inclui a proposição de um programa de estratégias para melhoria contínua da qualidade e do desempenho ambiental nas atividades das empresas concessionárias com ações e metas para eficiência no consumo de recursos, de minimização, monitoramento e controle de riscos e impactos ambientais e de ampliação do compromisso e da consciência socioambiental;
  • Implantação das ações do Programa: orientação e divulgação das propostas junto aos concessionários e setores da EMTU/SP, de desenvolvimento e implantação de uma base de dados para cadastramento e monitoramento das informações, planejamento na priorização das ações, entre outros;
  • Monitoramento de desempenho do Programa: incluindo avaliação e reformulação de estratégias, visando à melhoria contínua.

 

O Proteger já foi iniciado por meio da participação da EMTU/SP no Projeto STAQ – Transporte Sustentável e Qualidade do Ar – em cooperação técnica com a ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos) e com doação de recursos do Banco Mundial. Estão previstos estudos, metodologias e sistemas informatizados para implantação do gerenciamento ambiental nas empresas concessionárias e a promoção da inserção de tecnologias ambientais no sistema de transporte sob sua responsabilidade.